Fale agora

Bankmanager

Como fazer uma boa conciliação bancária?
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

No texto anterior sobre conciliação bancária, explicamos tudo que você precisava saber sobre ela, neste falaremos sobre como fazer uma boa conciliação com alguns passos!

Basicamente, ela é o ato de comparar o saldo interno da empresa e o extrato bancário.

Para saber mais clique aqui e leia o texto onde explicamos tudo sobre conciliação bancária.

Para que serve a conciliação bancária?

Ela é feita para verificar se o controle financeiro está correto e se não existe nenhuma alteração nos registros bancários, melhorando a saúde financeira. 

Esse controle é muito importante para:

Identificar fraudes internas

Ter um controle financeiro evita esse tipo de fraude, pois é possível analisar entradas e saídas de forma ampla e detalhada.

Maior controle financeiro

  • Com ela é mais fácil ter o controle efetivo e uma visão clara das movimentações financeiras, tendo a possibilidade de saber se a empresa está trabalhando no positivo ou negativo.

Melhorar o planejamento

Com essa visão do negócio, é possível fazer previsões para o futuro da empresa, planejando receita, despesa, investimentos, entre outros. Ajudando também a manter o fluxo de caixa saudável.

Como fazer uma conciliação bancária?

Passos para realizar a conciliação na sua empresa

1° passo: Atualize diariamente o fluxo de caixa

Todas as movimentações financeiras devem ser registradas, isso evita falhas no fechamento de caixa mensal. 

2° passo: Confirme o saldo do extrato bancário

É nesse momento que é avaliado se os valores da conta bancária estão corretos com o controle interno.

3° passo: Verifique  orçamento

Após a confirmação dos valores, é preciso analisar detalhadamente o dia de entradas e saídas e conferir se consta no fluxo de caixa. 

Uma dica é verificar a forma de pagamento, pois isso pode gerar uma pequena alteração nas datas em que o valor foi debitado ou creditado na sua conta.

4° passo: Corrija erros

Se houver alguma divergência nos lançamentos, essa é a hora de arrumar! Junte todos os comprovantes e verifique um a um para ver de onde surgiu o erro.

Fazer uma planilha manualmente é possível como vimos, porém há muito trabalho e exige concentração nos mínimos detalhes, além de ser desgastante, pois ver cada extrato de cada banco, fazer a comparação, colocar na planilha, e ainda está sujeito a erros. 

A maneira mais eficaz é através de automação bancária, dessa forma, a eficiência de analisar tarifas e impostos bancários, multas, juros, descontos, lançamentos não identificados, pagamento de salários e comissões é muito maior e mais simples.

Sendo possível verificar se houve erros em segundos, pois o próprio sistema que faz essa operação. E o melhor software de mercado para realizar essa tarefa automaticamente  é o Bankmanager: Com ele, sua empresa tem o comparativo de tudo o que foi lançado ao longo do período informado e o status quanto a comparação dos valores.

Além disso, o Bankmanager tem a possibilidade de ser integrado ao seu sistema de meios de pagamento, tornando o processo ainda mais preciso, além da integração com os principais ERPs do mercado.

Com esse controle  você ainda consegue:

  • Otimizar produtividade da sua equipe;
  • Controlar ainda o tempo de execução dessa tarefa;
  • Aumentar a sua melhor a movimentação financeira da sua empresa;
  • Gerar relatórios financeiros mais precisos e automatizados;
  • Trazer mais segurança financeira.

Agora que deu para entender como fazer a conciliação, conheça todos os benefícios do Bankmanager. Além dos já citados acima, como ele é multibanco, é possível fazer a conciliação com múltiplos bancos e CNPJs em apenas um lugar, sem precisar fazer retrabalho. Não perca mais tempo, fale conosco e adquira essa plataforma!